Página Inicial > Indices > REGIÕES EM ALTA

REGIÕES EM ALTA

 

O valor do metro quadrado, na cidade de Niterói, nos últimos cinco anos, só cresceu. A alta foi puxada, principalmente, por bairros como Icaraí e Santa Rosa, onde diversos condomínios foram construídos neste período. Este ano, enquanto os preços nestes bairros parece ter chegado próximo ao teto, a valorização foi empurrada para regiões vizinhas, como o Bairro de Fátima. Já a região de Pendotiba, que também recebeu muitos novos empreendimentos nos últimos anos, experimenta uma pequena queda nos preços.

niteroi icarai

De acordo com o índice Fipe-Zap, que mede a variação dos imóveis anunciados no portal Zap, o preço do metro quadrado de apartamentos no Bairro de Fátima teve alta de 29,4% entre janeiro e outubro, alcançando a média de R$ 5.625. Em Icaraí, a valorização foi de 3%. No mesmo período, em 2011, a variação fora de 18%.

Para o presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário de Niterói (Ademi Niterói), Jean Pierre Biot, um dos fatores que contribui para a alta no Bairro de Fátima é a proximidade com o Centro, onde há a expectativa de que seja feita uma revitalização pela Operação Urbana Consorciada (OUC).

— Acho que as pessoas já identificaram que o Centro vai ser valorizado. O morador pode pensar que vai sair de casa de bicicleta, pedalar 800 metros e chegar às barcas — diz Biot.

Os altos preços de Icaraí fizeram com que outros lugares como o Bairro de Fátima, por exemplo, fossem mais procurados.

Ao contrário do que acontece com o Bairro de Fátima, a região de Pendotiba, que vinha passando por uma expansão do mercado este ano, agora enfrenta redução nos preços. De acordo com o Fipe-Zap, o valor do metro quadrado de apartamentos na região caiu 3,3% entre janeiro e outubro. O preço médio em outubro ficou em R$ 5.175. A desvalorização das casas, ainda predominantes, é um pouco menor, de 0,8%.

 

Fonte: O Globo

Indices

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.