Página Inicial > Organização > Dias de tormenta

Dias de tormenta

Descubra o que fazer com os aparelhos eletrônicos para evitar prejuízos em dias de chuva forte

 

     Muitas vezes, com as tempestades vem a preocupação e o prejuízo. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas para você se prevenir e evitar futuros aborrecimentos.

 

image           Foto: Google Images

 

 

     Na hora da chuva forte, não há necessidade de sair correndo para tirar tudo da tomada. O ideal é comprar um DPS, dispositivo de proteção contra surtos elétricos, e instalar ao quadro de energia. É como se este dispositivo fosse um disjuntor. Pode ser encontrado em casas de materiais elétricos (uma casa geralmente precisa de 3).

 

imageimage

DPS

          Saiba como agir em algumas situações, segundo o professor de engenharia Reinaldo Lopes:

     Televisão
     Quando a chuva e os raios apertarem, basta desligar a TV. Não precisa tirar da tomada.

     Computadores
     Os estabilizadores evitam que seu computador queime. Há quem use a régua com várias tomadas, mas ela não garante a proteção contra descargas elétricas.

     Lâmpadas eletrônicas
    Só podem queimar as lâmpadas que possuem reator. As comuns e incandescentes não correm risco. Se morar em casa, perto de árvores, é melhor apagar a luz na hora da chuva. Se morar em apartamento, fique tranquila.

     O eletrônico queimou. E agora?

     Independente do motivo do blecaute, o consumidor tem direito a pedir o ressarcimento em dinheiro quando tem equipamentos danificados. Uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estipula que a reclamação pode ser feita diretamente à concessionária de energia em até 90 dias. O aparelho quebrado deve permanecer guardado.

     A empresa tem então dez dias para inspecionar o bem danificado. Após o período, a empresa tem mais 15 dias para definir se haverá ressarcimento ou não do valor equivalente ao equipamento. E outros 20 dias para realizar o pagamento.

     “Geralmente, as concessionárias procuram se abster desse pagamento. Mas mesmo que o consumidor tenha a reclamação indeferida, pode procurar o Procon da sua cidade para buscar o ressarcimento, após esgotado o canal com a empresa”, explica Carlos Coscarelli, assessor chefe do Procon-SP.

 

     Fontes: Arcadenoe.ning.com e Mdemulher.abril.com.br

Organização , ,

  1. 27, junho, 2011 em 12:29 | #1

    What a joy to find such clear thinking. Thanks for poistng!

  2. 17, dezembro, 2011 em 23:49 | #2

    I will say awesome posts u got.

  1. Nenhum trackback ainda.