AJUDA DO 13° NA AQUISIÇÃO DA CASA PRÓPRIA

19, novembro, 2014

 

Mais de 84 milhões de trabalhadores vão receber o 13° salário. Ao todo, o abono deve injetar R$ 158 bilhões na economia brasileira, conforme mostra levantamento do Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. O montante equivale quase 3% do PIB – Produto Interno Bruto do País. Com dinheiro em mãos, os brasileiros começam a planejar o que fazer com a quantia extra. 

13 compra da casa

Uma das opções para investir a bonificação é na compra da casa própria. Contudo, é essencial ter cautela para avaliar o investimento.

Leia mais…

Mercado Imobiliário

DESACELERAÇÃO NO PREÇO DOS IMÓVEIS CHEGA AO 11° MÊS

11, novembro, 2014

 

O Índice FipeZap, que acompanha a variação do preço médio do metro quadrado dos imóveis em 20 cidades brasileiras, subiu 8,23% nos últimos 12 meses. É o 11° mês de desaceleração do índice. No ano, a alta acumulada é 5,88%. O valor ficou 0,75% acima do IPCA, índice que registra a inflação oficial do período, considerando a expectativa para outubro apurada pelo boletim Focus do Banco Central. Ou seja, embora venha desacelerando desde novembro do ano passado, quando registrou alta de 13,8% em 12 meses, o preço dos imóveis ainda apresenta pequeno aumento real neste ano no país.

desaceleração fipezap

Leia mais…

Indices

TRANSOCEÂNICA – PROJETO BÁSICO ANULADO

31, outubro, 2014

 A Justiça determinou a anulação do projeto básico da licitação do corredor viário Transoceânica, que ligará a Região Oceânica ao bairro de Charitas por meio de um túnel. Segundo a 3ª Vara Cível de Niterói, a concorrência pública apresentava uma série de irregularidades. O município ainda pode recorrer da decisão.

Transoceanica Leia mais…

Mobilidade Urbana

USAR FGTS POR DUAS VEZES ?

22, outubro, 2014

 

Sim, é possível!

FGTS 2 vezes

Vamos ao exemplo:

Um comprador faz um financiamento de imóvel pela Caixa Econômica Federal, usa todo o valor que tinha no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Após um ano, tem acumulado um montante na conta vinculada ao fundo e quer usar este valor para abater as parcelas do financiamento.

De acordo com o especialista e advogado Marcelo Tapai*, existem regras a serem seguidas para que isso seja possível.

Confira:

- É necessário estar com as prestações do financiamento imobiliário em dia e ter saldo na conta vinculada ao fundo.

- Além disso, para poder utilizar os recursos para o pagamento da casa própria novamente é necessário esperar um intervalo mínimo de dois anos desde a última utilização.

- Para o pagamento de apenas algumas parcelas do financiamento, o FGTS pode ser usado para abater até 80% do valor das prestações a vencer no prazo máximo de 12 meses.

- Para pagamento de prestações em atraso, a Caixa Econômica Federal permite usar o FGTS somente para quitar, no máximo, três parcelas, mas essa regra pode ser contestada na Justiça.

- Decisões judiciais autorizam o pagamento de mais parcelas em atraso, desde que o mutuário se enquadre em outras regras, como por exemplo, ter saldo na conta vinculada ao FGTS, e o valor do imóvel estar adequado aos limites do FGTS, por exemplo.

*Marcelo Tapai é advogado especialista em direito imobiliário. presidente do Comitê de Habitação da OAB/SP e diretor do Brasilcon (Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor)

Fonte: Revista Exame

Financiamento

UNIFICAÇÃO DE CERTIDÕES DE IMÓVEIS

10, outubro, 2014

 

Foi publicado, dia 8 deste mês, a Medida Provisória nº 656 que, entre outros pontos, prevê a concentração de todas as informações na matrícula do imóvel — o que deve simplificar a compra de imóveis e aumentar a segurança jurídica. Com isso, a nova regra passa a valer dentro de 30 dias para novos registros. Já os contratos antigos podem ser ajustados ao termos da medida em até dois anos.

Certidao de imoveis

 

Leia mais…

Legislação